Revista Sucesso

Atualizado em 16/10/2017

Educação

A importância de orar pelo Brasil

“Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem sequer um”.  

Salmo 53.3

Da redação

Verdadeiramente quando olhamos para nossa nação e tentamos decifrar o que está acontecendo podemos com certeza dizer que Davi escreveu o texto abaixo pensando em nossa realidade: “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se, praticam a iniquidade; já não há quem faça o bem. Do céu, olha Deus para os filhos dos homens, para ver se há quem entenda, se há quem busque a Deus. Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem sequer um”(Salmo 53:1-3). Este texto divino é uma crônica para nossos dias.

Nossa realidade nos mostra que aqueles que deveriam exercer a justiça distorcem e vendem sentenças, aqueles que deveriam cuidar dos interesses dos cidadãos os expoliam, aqueles que criam leis se locupletam defendendo somente os seus próprios interesses; quando olhamos para isso, temos a convicção de que o texto é atual e todos se tornaram nulos, reprováveis e perversos. Quando um político desvia dinheiro da saúde, da merenda escolar, da educação, dos necessitados, ele se torna um sociopata, um doente social reprovável. Quando presenciamos estas coisas no meio político temos a nítida convicção de que tudo está perdido. Porém, ao olharmos para nós como sociedade, vemos também que não somos diferentes dos que ocupam cargos de liderança; quando vemos que aqueles que deveriam curar os enfermos são frios e indiferentes, aqueles que curam almas se tornam gananciosos mercadejando a fé, quando nos prostituímos nas mínimas ações, tais como: corromper um guarda de trânsito, adquirir produtos roubados ou piratas, sonegamos deliberadamente impostos, mentimos descaradamente para obter vantagens, quando roubamos cargas de caminhões acidentados, etc. O ser humano se tornou reprovável. É a natureza corrupta de Adão se manifestando.

 Paulo escrevendo ao seu amado discípulo Timóteo descreve como são os seres humanos em nossos dias, vemos isso em 2Timóteo 3.1-5: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes.”

Só há uma saída para este caos instalado: a conversão, mudança de atitude. Em 2 Crônicas 7:14-15 diz: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar”.

Confiar no poder da oração é essencial num quadro desolador. A saída é a oração, é o clamor para que o Reto e Justo juiz exerça a justiça divina sobre estas pessoas que se perderam. Deus está ativo e o controle da história está sob suas mãos. Quem será que levantou pessoas cheias de integridade. Pessoas como Sergio Moro, Marcelo Bretas, Vallisney de Oliveira; delegados da Polícia Federal; promotores como Deltan Dallagnol, Carlos Fernando Lima e outros que estão imbuídos em punir os ladrões e mercenários que olham somente para seus próprios ventres. Não tenho dúvidas que foi Deus quem os levantou. Com certeza toda esta onda de seriedade e honestidade é reposta à oração daqueles que sempre creram que em Deus está a saída para nossa nação. Vamos orar sempre. “Orai sem cessar”, diz Paulo aos habitantes de Tessalônica. Esta é a saída, participe ativamente!

João Luis Simoneti
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente Filadélfia de Londrina


> Veja mais textos deste colunista aqui

Pastor, João Luis Simoneti, Igreja Presbiteriana Independente Filadélfia de Londrina, Orar pelo Brasil, Religião, Editora Sucesso, Revista Sucesso, Revista Bem-estar
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Corrida em Londrina reforça a prevenção contra...
  2. Cinco mudanças na Lei de Trabalho Temporário
  3. Quem gosta de fila?
  4. “Brasil, coração do mundo, Pátria do...
  5. Uma escola... um lugar da infância... Galileo...